5 dicas essenciais para uma alimentação vegana saudável

 

O veganismo ainda é criticado pela população em geral. Seja pela falta de informação ou preconceito. Nós crescemos ouvindo que, para uma alimentação ser saudável, ela deve conter elementos de origem animal, como leite, ovos e carne. Nos dizem que somente uma alimentação baseada em origem animal é o que nos deixa saudáveis. Um mito!
Devido ao aumento da propagação sobre os benefícios da alimentação vegana, esse mito está  mudando e, para auxiliar no seu processo de conhecimento sobre o que você ingere, pontuamos 5 dicas essenciais para uma alimentação vegana saudável.

Com a procura por uma rotina de vida mais saudável, muitas pessoas têm estudado mais sobre as propriedades dos alimentos. Isso é essencial na tomada de decisão, pois quando temos um fundamento para explicar algo, nós vemos mais sentido no que estamos fazendo e conseguimos enxergar as consequências positivas que essas escolhas geram.  Principalmente quando o assunto é alimentação saudável e veganismo, visto que dentro deste conceito englobamos também as questões da ética e respeito aos animais, e preservação do meio ambiente.

 

Confira a seguir 5 dicas de como ter uma alimentação vegana saudável:


1 - Mantenha o prato sempre colorido

Cada alimento tem uma cor e nutrientes específicos, então quanto mais colorido estiver o seu prato, mais nutrientes você estará ingerindo.
Pesquise sobre os nutrientes e faça combinações com diversas fontes de nutrientes, como por exemplo: folhas verdes e alguma fruta fonte de vitamina c.

As folhas verde escuro são fonte de ferro que em contato com a vitamina C melhora a absorção deste mineral.
Experimente alimentos novos e diversifique seus pratos. Não tenha medo de experimentar!

 

2 - Estude os alimentos

Uma das melhores formas de combinar e variar as refeições é estudando os alimentos e se planejando. Nem todos os alimentos possuem todos os nutrientes necessários, então deve-se fazer combinações a fim de que um alimento complete o outro em nutrientes no decorrer do dia.
Outra dica importante, é você mesmo preparar a sua comida, assim você controla a quantidade de nutrientes que devem ser ingeridos. Consuma frutas, vegetais, leguminosas, nozes, sementes e também alimentos como cereais e pães.
Apesar destas dicas, o ideal mesmo é realizar o acompanhamento com a nutricionista.

 

3 - Atenção aos nutrientes que devem ser ingeridos frequentemente

Alguns alimentos são indispensáveis quando adotamos uma alimentação vegana, pois são ricos em nutrientes e abastece nosso corpo com o que mais precisamos. Alguns exemplos são as amêndoas, feijão, grãos integrais, sementes, quinoa, abacate, soja, ervas e leites vegetais, como o leite de coco produzido pela Vida Veg, por exemplo. Por isso fique atento ao que está ingerindo para que sua alimentação não fique deficiente em relação a algum nutriente. É muito importante a consulta periódica a um(a)  nutricionista.

 

4 - Suplementação

Cada organismo reage de um jeito a cada tipo de dieta. Por isso é tão importante fazer um acompanhamento profissional. Pessoas em transição para o veganismo devem ficar atentos à questão da deficiência de nutrientes que o organismo não absorve com facilidade, como por exemplo a vitamina B12, que são encontrados em alimentos enriquecidos como os leites vegetais e iogurtes Vida Veg, ou em pílulas de suplementação alimentar. É muito importante fazer exames periódicos para acompanhar a saúde!

 

5 - Dê preferência a feira ou hortifrutis de produtores locais

Nestes locais você encontra frutas, legumes e verduras frescas e com baixo ou nenhum agrotóxico. Prefira alimentos orgânicos. A sua saúde agradece!


Criamos um e-book super bacana para quem tem restrição alimentar e deseja seguir uma vida saudável. 

Baixe gratuitamente o Guia: Alimentação saudável e restrições alimentares

Onde Encontrar